quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Voltei! + Banalidades

VOLTEI!!! =D
Passei por cá para dizer que a minha época de testes vai começar no sábado!
É verdade minha gente, a minha faculdade marca testes ao sábado, 
PARA MAL DOS MEUS PECADINHOS TODOOOOOOS!
Por isso, amanha quando acordar vou estar assim:
E depois espera-me um dia de estudo intensivo!!!!

BeijoS meus Amantes de Chocolate lindos! ♥
Durmam bem e desejem-me muita boa sorte! :)

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Ausência...

Olá meus amantes de chocolate! :)
Venho avisar-vos num curto comunicado que estarei ausente nos proximos 2 dias mas nunca me esqueço de voces ;)

Fiquem bem e até daqui a pouco

Beijos doceS*
ou molhados como o da imagem xD

*Um dia vou ter um beijo assim*

Na proxima promessa não cumprida:

Isto é o que eu vou dizer se mais alguém não cumprir o "para sempre" xD

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Sufoco - parte I

Tenho horror a sentir que a minha felicidade depende de alguém. Sinto um nó na garganta de cada vez que me apercebo que isso acontece. Sinto que o meu mundo vai ruir quando o meu sorriso depende de alguém.
As pessoas vão embora. Sempre foi assm... Sempre me arrancaram sorrisos e fizeram promessas de "para sempre" mas aí, não aguentaram a pessoa complexa (demais) que sou e fugiram...
"Precisavam de um tempo" e esse sim, era para sempre!


sábado, 23 de fevereiro de 2013

Os dois mundos...

Hoje fui ver o meu avô ao hospital. Graças a Deus recuperou bastante bem do pequeno AVC e a respiração e o coração estão controlados e estáveis. O médico espera que não se verifiquem recaídas ou algo que explicou como "réplicas" do Acidente Vascular Cerebral que o obrigou a ser internado de urgência. Todos esperamos que assim seja e que volte para casa depressa, porque isto sem ele fica muito vazio.
A pessoa energética e brincalhona que o meu avô era, tornou-se sonolenta e, consequentemente, nada brincalhona. No entanto vejo naqueles olhinhos que brilham quando o olhamos com carinho uma vontade imensa de voltar para casa e para as brincadeiras diárias. 
Com ele, volto a ser a criança feliz e inocente que fui. Só ele consegue isso...

Mas indo de encontro ao titulo deste post:

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Plano Para Sexta À Noite:

Hoje vou ao cinema!!! :D

Aguenta-te aos 40 foi o filme escolhido
Desta vez o filme não foi escolhido por mim, mas acho que vai ser interessante. Espero me rir MUITOOOOO! Porque amanha, tenho muito que estudar!

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Sleep Tight

Amanha volto com mais...
Esta semana está complicado gerir o horário. :s
Durmam bem ♥

AHAHAHAH! :)

Momento fofo do dia

Como alguns de vocês devem saber, eu sou também conhecida por S* :)
E hoje recebi um pedido ridiculamente fofo:

Queres ser a minha S*inderela? ♥

I'm Back!

Olá Amantes de Chocolate ♥ !
Antes de mais peço desculpa pela pequena ausência. Tenho muito para vos contar e imensas ideias sobre o que falar mas vamos devagarinho porque não tenho muito tempo...
 Entretanto, fiquem com esta frase que, para mim, é como uma Lei Universal!



terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

明天见。 - Até Amanhã


Acham interessante o titulo do blog em chinês? xD
A mim parece-me que têm uma tv ou um computador fixo ali no meio, mas se calhar é só a minha imaginação maluca a funcionar xD

明天见。
良好的睡眠

Beijocas*

Um Sonho - Até ao fim dos dias...

Estava a dormir e o meu sonho foi lindo! Estávamos abraçados, enroscados um no outro, num mundo só nosso, na nossa casa, no nossa lar. Partilhávamos uma cama, uma casa, uma vida e aquele sorriso bobo que todos os apaixonados entendem e adoram.
Sentia-me pequenina mas sabia que o meu guerreiro me protegeria de qualquer força maléfica, de qualquer bicho papão ou bruxa má. Sentia os teus braços em meu redor, como o colete salva-vidas que me protegeria da maior bala que me pudesse atingir. Acordaste antes de mim mas permaneceste no silencio, pretendias que aproveitasse o pouco tempo que nos restava para descansar. Afagavas os cabelos e depositavas beijos esporádicos no topo da minha cabeça. Eu ouvia o teu coração bater e a tua respiração calma por saberes que te pertencia, por te sentires o meu guerreiro. 
Pergunto-me o que te passaria pela cabeça enquanto me embalavas naquele sonho profundo? Por onde vaguearia o teu pensamento? 
No entanto, creio saber a resposta... Pensavas em mim, em nós, no amor que nos unia. Pensavas no nosso futuro como um só, no que partilharíamos, naquilo que superaríamos.
Era de manhã e ao acordar via os teus olhos, os causadores do meu próprio sorriso, sorrirem para mim.
Tudo isto um sonho dos mais bonitos que sonhei. Pensando bem, foi um sonho perfeito. Um sonho em que deixou de existir um "eu" e um "tu" e passou a haver um "nós", um sonho que ainda agora, acordada, me faz sorrir. Mas, qualquer sonho acaba para dar inicio à realidade e foi isso que aconteceu...
O suave toque dos teus lábios a depositarem um leve beijo nos meus e um sorriso rasgado e acolhedor, acompanhado de um "Bom dia", foram o meu despertador. E como me soube bem aperceber-me de que continuava nos teus braços, protegida do mundo. Sorria para mim mesma, com o coração a dançar ao ritmo do amor e a aproveitar os últimos momentos nos teus braços, tal qual criança que adormece nos braços dos pais. Foi quando te aproximaste do meu ouvido e me sussurraste:

♥ ''Agora imagina, acordares assim todos os dias até ao final das nossas vidas...'' ♥


segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Good Night Kiss

Infelizmente não tenho tempo para postar nada agora mas não me esqueço de vocês nunca! :)
Boa noite minhas meus gulosos amantes de chocolates fofinhos :)
Espero que durmam bem ♥


here they are:  MUAAAAAH!


sábado, 16 de fevereiro de 2013

Um (bom) livro

Venho falar-vos de um livro que me marcou e que gosto bastante e recomedo a todos sem excepção. Mas especialmente aqueles que, bonitos à sua maneira, especiais e unicos como todos somos, sofrem ou sofreram agressões psicologicas daqueles que consideram como padrão de beleza algo impossivel e inalcançavel, um padrão de beleza definido por capas de revistas onde não reina a beleza natural mas a "magia" de uma tecnologia que esconde as ditas "imperfeições".

1 resposta + um pouco sobre mim

Em resposta à pergunta da Amy -  "porque é que falas com a tua mãe em inglês? :o" - decidi fazer este post. Aproveitem e visitem o blog dela, recomendo ;)
Antes de mais, acho importante contar um pouquinho mais sobre a minha história e dos meus pais, para perceberem melhor...
A minha mãe viveu desde os 5 anos em África do Sul e por isso sabe falar inglês na perfeição. Foi lá que conheceu o meu pai, que tinha emigrado à procura de um futuro financeiramente estável, mas acabou por encontrar outro futuro. Conheceram-se, apaixonaram-se e tempos depois, separaram-se!
Nunca soube o que se passou pois nenhum dos dois quer falar sobre isso. Mas sei como acabou essa distancia entre eles: com o meu pai ajoelhado em frente à porta de casa dela com um anel, pedindo para que ela ficasse com ele, do seu lado, até ao fim dos seus dias. Fofo não é? ♥
A resposta ao pedido? Bom, acho que é obvia, não é? Um casamento de quase 28 anos, com bons e maus momentos, como qualquer outro, mas com o amor sempre presente. Entretanto, tiveram dois filhos: o meu irmão mais velho (26 anos) e eu (19 anos), ambos nascidos em Joanesburgo e ambos com dupla nacionalidade por sermos filhos de pais portugueses mas termos naturalidade sul africana.
Isto para explicar que, tanto o meu pai como a minha mãe, sabem falar inglês e para eu melhorar o meu e os meus pais não deixarem o deles cair no esquecimento devido ao desuso, cá em casa falamos frequentemente inglês. :)

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Do mom knows best?

Talk between me (S*) and Mum (M*):
M*: you smell good!
S*: I know, thanks :)
M*: but it is NOT your perfume, right?
S*: no...
M*: what are you doing S*?
S*: mum, I tried to get away. I really tried! I tried so hard...
M*: maybe it is stronger than you and stronger than you thought...

So, did mamma knows best? - A mamã sabe melhor?

Conversa entre mim (S*) e a minha mami (M*):
M*: cheiras bem!
S*: eu sei, obrigada :)
M*: mas não é o teu perfume, pois não?
S*: não...
M*: o que é que andas a fazer S*?
S*: mami, eu tentei afastar-me dele. Eu tentei mesmo! Tentei com todas as forças...
M*: se calhar isso é mais forte do que tu e mais forte do que aquilo que pensavas...

Pequeno P.S esta conversa é originalmente em inglês visto eu falar imensas vezes com a minha mãe em inglês, mas quem preferir pode ler em português ;)

KisS*

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Declaro culpada!

video

E pronto, aqui está a reacção da minha coisinha fofa xD
Tem totalmente cara de culpada 
E foi assim que descubri que o meu chocolate não era "meu" na realidade!

p.s - peço desculpa pela baixa qualidade do video...

14 de Fevereiro

Não me considero uma rapariga muito romântica. E vocês são românticos?
Eu amo fazer e receber surpresas, no entanto, no que toca a coisas românticas, sou mais que zero à esquerda... Mas claro que aprecio as coisas fofas que todos os apaixonados fazem.

Aqui têm as minhas prendinhas fofas :) quais foram as vossas?
Rosas vermelhas é das prendas mais comuns mas dada com o coração todo o "comum" que ela possui passa a ser um "especial".
 P.S - eu até mostrava o chocolate fofo que completa as prendas (e muito provavelmente delicioso) 
mas a minha querida cadela apanhou-o em cima da mesa sozinho e abandonado e com pena dele, devorou-o... Podem ver aqui o video em que ela propria se denuncia!

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Força, arrisca! :)

Para viveres um sonho tens de te atirar de um precipício sem saber se o risco que corres te levará a algum lugar. Se não és do tipo de arriscar, começa devagar. Mas começa, o primeiro passo é sempre o mais dificil! Agarra-te a uma corda, pede ajuda a um alpinista, faz um avião de papel... Arranja a tua solução mas não desitas por medo.


Fico Possessa!


Sabem uma coisa que me irrita? Pessoas que publicam textos nas redes sociais que não são da sua autoria e não indicam qual o autor nem colocam aspas. Isso é considerado plagio e dar a entender que são os autores desses mesmos textos não é algo que considere moralmente correcto.
Mas pronto, isso sou eu..


terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Boa noite :)

E assim vos deixo. Tenham uma boa noite de sono, espero que seja tão boa ou melhor do que o da foto abaixo xD



E aproveito para vos dizer que este me espera (como podem ver) . . .



. . . nos meus sonhos

"Friends with Benefits"

Conhecem o filme? Podem ver o trailer em baixo...

 

Bom, o conceito seria um pouco diferente, mais adaptado à nossa realidade. Mas teria de ser um acordo das duas partes!
Bom, não vou pensar nisso agora. Vou dormir e talvez amanhã considere melhor tudo isto...
(sinto que estou a cometer o MAIOR erro da minha vida!)
Sinto-me tão bipolar nestas alturas em que o meu humor varia tão rapidamente e ás vezes parece que o meu coração o acompanha...

São coisas...


 
Sempre que leio isto a minha vontade é dizer:

- Se perdeste vai procurar . . .

Mas depois lembro-me que ignorar é a melhor das respostas.

Carnaval

Adoro o Carnaval! :D
Este ano melhorei a mascara do dia-a-dia e vesti-me como uma palhacinha a rigor para uma festa de Carnaval com as amigas! Foi engraçado, o humorista (do qual não me recordo o nome) que iniciou a festa tinha piada, ao contrário do que eu esperava. E apesar de a noite ter acabado cedo, foi um momento divertido.
Infelizmente, os problemas que referi aqui obrigaram-me a cancelar os planos que tinha, mas mesmo assim improvisei um fato de carnaval: um vestido preto, uma capa preta comprida e um chapéu de bruxa que tinha aqui por casa, tornavam-me na bruxinha que queria ser. Mas usar chapéu não é algo que me fascine portanto, era uma bruxa sem chapéu, ou se preferirem uma vampira sem caninos acentuados. É à vontade do freguês como diz a minha mãe.

Feliz carnaval people!

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Dark Chocolate Lover

Yap, eu definitivamente amo chocolate preto :D


Então quando tem quadradinhos, deliro! xD
Mas pronto, fica o nosso segredo ;)



Yes, it was tragic :'(

Do you know that time when you have got an invitation but you just don't feel like going? You just want to say 
"No, I don't want to" 
but you feel bad for it so, you teel a with lie. 
Well, that's a good example you can use:


O meu coraçao será eternamente teu ♥

Basta um minuto para relembrar um parágrafo de uma história que vivemos. Basta um segundo para a saudade nos invadir com a intensidade de um terramoto. Basta um sorriso para a lagrima da saudade fugir da prisão do olhar, ser livre e voar pelas montanhas de um rosto. Bastam horas para criar novas histórias, viver novas aventuras, conhecer novas pessoas e visitar locais com belezas inigualáveis. Mas o que eu quero mesmo é uma vida para poder viver, relembrar momentos, partilhar saudades e sorrisos, conhecer novos locais que nunca pensei visitar e ter novas aventuras contigo eternamente do meu lado. Porque um sempre pode não ser eterno mas uma amizade como a nossa, tenho a certeza de que o será!

Universidade - Futuro incerto e medos

Um dia li um post que me fez pensar numa boa história para vos contar.
Cheguei a conclusão de que a Universidade é um passo importante na vida de um estudante e como tal, traz-nos receios sobre esse mundo dos jovens adultos cheio de novas experiências. Como tal, decidi contar-vos a minha história sobre essa experiência.
Com a certeza de que estava prestes a iniciar uma nova fase da minha vida, o medo foi crescendo. Novas pessoas à minha volta, muitas com as quais não me identificava minimamente. Eu, a rapariga da aldeia (Esperem lá! Que raio? Nunca me considerei uma pessoa da aldeia! Não vivo numa cidade mas não considero que corresponda aquela ideia de rapariga da aldeia!) num mundo um pouco diferente. Era o facto de 'bastar pedir e o papá trazia tudo o que quisessem' contra a realidade que eu vivia, de estar habituada a ouvir não's constantemente. Fiquei assustada. Claro que na altura generalizei, não são todos crianças mimadas, mas é sempre assustador quando a primeira impressão que retiras do teu 'novo' mundo, é algo tão diferente do que estás habituado(a). E a minha personalidade não ajudava... Eu a socializar, fazer novos amigos e integrar-me em grupos? Não, nisso nunca fui um bom exemplo e receava passar os 3 anos que todos referem como "os melhor da vida", sozinha e excluída desta sociedade estudantil. Para melhorar a minha situação, havia a praxe. Sabem aquele bicho papão? Aquelas história de pessoas mortas e feridas, brincadeiras maldosas e etc e tais que nos contavam e que apareciam nos jornais? Pois, são essas histórias que nos enchem de medo daquilo que nos espera.
Era um mundo novo, um mundo onde sair à noite e ficar bêbado constantemente é o primordial, o valor que se levanta, a razão de ser universitário. E isso não era algo que fizesse parte de mim. Sair, dançar, discotecas e bares, bebidas e noitadas prolongadas até ás 7h da manhã do dia seguinte. Tudo isso era algo que não combinavam com a S* (a Chocolateira*). E depois, as 'crises existenciais', como costumo dizer: É este mesmo o curso que quero? Vejo-me a trabalhar nisto a minha vida? Estarei a fazer uma escolha em cima do joelho?
Nada de positivo vinha com a ideia de "ir para a Universidade". Foi quando me apercebi de que o meu percurso podia ter desvios e caminhos mais ou menos longos. Não tinha de ser tudo tão negativo. A ideia de sair debaixo das asas da mãe, de ser livre, de viver com pessoas da minha idade. A ideia de não dar satisfações, de ser eu, de não ter de aceitar um "não podes ir". Tudo isso me fascinava. O facto de poder ter a liberdade e de deixar de ser a pequenina da família, a protegida, deixar de ser a bebé que todos querem poupar, devido ao mundo cruel e viver! Viver no mundo real, "cair 7 vezes e levantar 8", fazer coisas estúpidas e perceber porque nos aconselham a não fazermos determinadas coisas. Queria cometer erros, aprender com experiências novas e foi isso que me levou a jubilo na fase das candidaturas. Esqueci os pontos que considerava maus e foquei-me nos pontos bons.
E após um longo tempo de espera, eis que chega o dia esperado! Estava em frente ao computador, acabara de receber um mail - DGES! (para quem não sabe, Direcção Geral do Ensino Superior) Sentia-me pequena, como se fosse um grau de areia num oceano e o medo apoderava-se de mim. Se não entrasse o meu mundo ruía e as expectativas que criara iam acabar em desilusões. Abrir aquele e-mail poderia mudar a minha vida, poderia mudar a minha existência! Respirei fundo, fechei os olhos e abri o mail. 

 
Entrei na Universidade de Aveiro, no curso que queria! Estava em êxtase, não era a minha primeira escolha mas era uma das 3 primeiras e era isso que queria!
Infelizmente (ou felizmente), o meu entusiasmo não foi partilhado pelos meus pais. A menina pequenina sair de casa não era opção para eles e anunciaram-me com cautela, tal como quando um médico dá a noticia de uma grave doença ao seu paciente: "Vais para a privada!" E claro, eu, que nunca fui de me impor ou contrariar ninguém, calei-me, pus o meu melhor sorriso e andei assim o dia todo, a morrer por dentro, enquanto cumprimentava os convidados que iam chegando, me entregavam as suas prendas e me felicitavam pelo meu 18º aniversário...
Ia para a privada e não havia volta a dar. O caminho que segui mudou-me, tal como tinha imaginado que aconteceria. Mas mudou-me de uma forma que não pensei que fosse possível. Fazer amigos era crucial e acaba por acontecer, nem sei bem como. Acho que as circunstancias acabam por juntar pessoas que não se conhecem e que estão também sozinhas. Isso e um sorriso, ajuda sempre. É o meu melhor conselho: sorrir. Porque se pensarem bem, nunca iniciariam uma conversa com alguém que estivesse de mal com o mundo. Sorrir é a forma de dizer que vamos ser simpaticos e que "não mordemos". Assim, a sorrir, conheci novas pessoas e descobri que quem menos esperamos se pode tornar numa das pessoas mais importantes da nossa vida. Apercebi-me de que a primeira impressão engana e que aquela que nos olha de lado na terça-feira pode ir connosco à praia na sexta-feira e nos roubar os sorrisos mais sinceros. Aprendi que a frase "os amigos da faculdade são para a vida" (não desfazendo os outros, é claro) é a mais certa de muitas que já ouvi.
Ensinou-me que sem estudar, não vamos tirar o 9,5 naquele exame que até parecia ter matérias fáceis. Sim, vamos para a faculdade com a intenção de ter um bom futuro e para tal, as boas notas são precisas. Temos por isso, a fase dos exames que caracterizo como aquela em que "queimamos pestanas". Nela damos o tudo-por-tudo, e ás vezes, frustrantemente, não chega... Mas não há porque desanimar! Se outros conseguem, também vamos conseguir! Esse é o pensamento que devemos ter em mente. Ser positivos para a positiva :) Não vale a pena achar que antes mesmo de entrar, não vamos conseguir. Temos de tentar. E não sai à primeira temos a 2ª e a 3ª ou até a 4ª! Basta que nos empenhemos e logo havemos de conseguir.
Ensinou-me tambem que existem muitos tipos de praxe, mas que uma academia que se preze terá uma boa praxe, que não sabemos se gostamos até experimentar e que podemos a qualquer momento desistir. Cheguei à conclusão que apesar das dores nos joelhos por estar de quatro, não mudava esses momentos. Foram marcantes na minha vida académica e é com orgulho que uso o traje. Valores como o respeito aos mais velhos, a entreajuda e a lealdade à academia que nos acolhia, foram incutidos durante toda a praxe. Vieram momentos de diversão, jogos em grupo, novos amigos e colegas e alguns jantares para conviver. A praxe não era o bicho de sete cabeças e ainda bem que não a exclui no inicio, como considerara várias vezes.
Descobri que o sentido critico é muito importante na vida e que não nos devemos conformar com as imposições dos outros nas nossas próprias vidas. Hoje, apesar de ainda não ter cumprido o sonho de sair de casa, sou mais independente e não me conformo com aquele "não". Luto pelo que quero com mais garra!
A universidade mudou-me de forma marcante. Criou um 'eu' mais seguro de si, mais desinibido - MAIS FELIZ! Fez-me perceber que existem muitos tipos de pessoas e que devemos escolher quem queremos do nosso lado, sem nunca desprezar os outros que nos rodeiam. Ensinou-me que para comentários maldosos existe uma coisa muito melhor do que qualquer resposta - a indiferença. Fez-me crescer enquanto pessoa e a guardar no coração somente o necessário e somente quem merece. Mas acima de tudo, ensinou-me a lutar com mais garra pelo meu futuro, fez de mim uma lutadora dentro da sonhadora que sempre fui.
Por isso, não tenham medo do vosso futuro.Risquem essa palavra do vosso dicionário ;)
Os ventos da mudança aproximam-se mas podem sempre ser os marinheiros do barco da vossa vida e manejar as velas para que os ventos vos levem onde pertencem e pretendem ir.

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Uma desgraça nunca vem só!

Sim, eu sei que disse adeus, mas preciso de desabafar um bocado e pronto, como sempre, acabo aqui...
A minha casa está uma confusão: a minha avó tem cada vez menos mobilidade, o meu avô foi internado de urgência e o meu pai está entre uma gripe grave e uma pneumonia.
Eu como estou? Estou perdida sem saber muito bem o que fazer no meio de isto tudo. Não tenho cabeça para estudar, apetece-me agarrar numa almofada e chorar a noite toda, até aos olhos arderem, as lágrimas secarem e não haver qualquer força que me impeça de cair no sono. Sinto-me inútil e sem qualquer importancia. Sinto-me incapaz.
Preciso de um abraço, daqueles abraços que nos recarregam força e esperança, que trazem a promessa do "Vai ficar tudo bem". 

Preciso de fugir deste ambiente que respira drama e tragédia. Preciso de ver felicidade, ver sorrisos. Os rostos preocupados e cançados criam-me pesadelos, provocam sensações de tristesa, desanimo e infelicidade, mas o pior de tudo, desvanecem o meu sorriso. Mas não posso fugir, sou obrigada a cancelar planos, a refazer horários e redefinir prioridades. 
É engraçado como nada é certo na vida. Como mesmo com planos e esquemas e projecções, a vida nos da a volta e faz tudo à sua maneira. Mas já a minha bisavo dizia: "há mais mares que marinheiros" e quando perdemos uma oportunidade muitas outras virão.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Bye...

 
 
 Venho informar-vos que vou eliminar o blog.
O meu tempo é cada vez mais limitado, 
a imaginação cada vez mais escassa 
e a vontade de escrever começa a desaparecer...
Espero que continuem a viver num mundo rodeado 
da beleza das palavras doces.
BeijoS
S*


Vida + gostosa!


Ahahahah xD 
Com S* claro que a vida se torna mais gostosa! :D

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Fuck the world! I want to sleep forever...

Não acham fantástico quando coisas desaparecem por magia da vossa mochila?! Eu sinceramente não podia ficar mais feliz com isso hoje...


Today is something like this:

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Está frio! Brrrrrrr....

Vem! Vem para perto, bem pertinho de mim. 
Vem que está frio. E diz que ficas, diz que sim!
Vem por favor. Vem e promete. Vem e não vás.
Vem  para perto e se fores, leva contigo as coisas más.


"Só quero que você me aqueça neste inverno e que tudo mais vá pró inferno"

P.S - só para animar a semana :) Vá gente, mais um dia que passou e o frio ainda não nos venceu
Para os apaixonados aquecerem o coração e para os bem-humorados relembrarem esta canção xD

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Ajuda na dor de amor...

E se amar alguém causar a dor do teu coraçãozinho, só há uma coisa a fazer:
Amar quem te ama de volta e quem segura o teu mundo mesmo quando o seu próprio se desfaz.
Amigos, os únicos capazes de tornar uma lágrima de amor, num sorriso tímido sincero.

sábado, 2 de fevereiro de 2013

I'm addicted to...

F-I-L-M-E-S !!!

Sou totalmente viciada em filmes! xD De todos os géneros, claro que tenho preferências, como comédias ou musicais e animações (sim, continuo a ser criança!) mas vejo qualquer filme. E ir ao cinema é o plano ideal para qualquer saída. :)