sábado, 22 de agosto de 2015

Escolhas, a vida é feita delas


Voltar atrás e fazer diferente ou continuar a lutar e fazer melhor?
Tentar apagar um erro ou tentar solucionar o caos que o erro criou?
Viver com os fantasmas do passado ou aprender com eles?
Arrepender ou agir para não fazer nem deixar que outros façam o mesmo erro?

domingo, 16 de agosto de 2015

Eu sei que são apenas 21 anos mas já tenho algumas lições de vida

Relativamente a sentimentos, hoje em dia guio-me por esta frase. Quem não me faz bem, não me faz falta...



No que toca a pessoas aprendi a confiar mais em quem me ama, a dar mais de mim a essas pessoas e a dar menos a quem está presente esporadicamente. Outra coisa que aprendi é que quem não conhecemos parece ser sempre fantástico. Mas todos cometem erros, todos têm defeitos...


Relativamente a modos de vida só digo isto:



E para todas as mulher!!!! Eu sei que com esta todos concordamos. Eu nem me importava se fosse uma carta, se tivéssemos de ir a uma consulta para sabermos o resultado, se fosse por mail, escrito num avião ou se nos aparecesse um sinal esquisito que desaparecia depois de uma semana. Tudo menos isto...

sábado, 15 de agosto de 2015

No dia em que sair de casa não vou conseguir dormir

Pois é. Cada vez que penso que estou cada vez mais próxima do dia em que sairei da casa dos papás há uma MEGA preocupação que faz o meu coração ficar tão apertadinho que fica mais pequeno do que um mísero grão de areia.
E sei que muita gente não vai entender esta minha preocupação porque teve vivências e infâncias e influências diferentes da minha mas esta sou eu e quem me conhece sabe que sou exactamente assim.

Esta é a Luka. 



Ela tem quase 9 aninhos e eu posso dizer que a vi nascer. Ele esteve comigo nos bons e maus momentos. Há um episodio que eu adoro em especial. Eu estava a chorar sentada nas escadas de minha casa - já não me recordo o motivo - e esta pestinha veio ter comigo e começou a lamber-me as lágrimas. Como mesmo assim eu não parei de chorar ela chegou-se a mim e pousou a cabeça dela em cima da minha, ou seja eu fiquei encostada ao peito dela enquanto chorava.
A nossa ligação cresceu com o passar dos anos e doi-me o coração saber que estes anos de companheirismo podem estar a acabar. 
A questão é, eu passo 2 noites por semana fora de casa e ela nesses 2 dias anda sempre a chorar e os olhos ficam vermelhos porque ela não dorme direito. Só quando eu regresso é que ela finalmente consegue dormir em condições.
Ela é a razão pela qual o meu coração chora. Porque eu amo a minha família mas sei que um telefonema os descansa e anima. Mas com ela não há qualquer instrumento que me possibilite fazê-la sentir-se melhor. Estou a "abandonar" quem sempre esteve lá para mim e isso é o que mais me custa.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Em suma, só vejo bebés!

Ultimamente vejo muitas raparigas da minha idade casar ou a ter o primeiro filho.
Vejo grávidas e recém-nascidos por todo o lado e parece que sou perseguida por carrinhos de bebé!
Parece que vejo lojas de roupa para bebés em todo o lado ou se não vejo as lojas vejo os saquinhos com aquelas mini-roupinhas.
Conclusão disto tudo? Estou a ficar doida...

Mas digam lá, esta foto está muuuuuito querida *.*

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

A million ways to say "i love you"


A preocupação com a segurança e bem-estar daqueles que amamos é a nossa maior prova de amor

terça-feira, 4 de agosto de 2015

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Dogs, cats and beds

Esta foto mostra duas coisas:
1 - cães e gatos podem ser amigos e terem objectivos comuns
2 - e para esse objectivo comum, unem-se e apoderam-se da minha cama (tudo nas minhas costas)!

É hoje que caio abaixo da cama xD